Materiais Didáticos e Livros

Harmonia & Baixo (livro, 144 p., com CD)

harmonia e baixo

Aborda harmonia básica com 150 exercícios divididos entre teoria e prática. Escrito na clave de fá, com tablatura e cifras. Indicado pelas revistas Cover Baixo e Backstage.

 

Apresentação

Durante estas últimas duas décadas como professor de contrabaixo, elétrico e acústico, pude constatar que, quando explico para o aluno além da parte técnica do instrumento, também a parte de teoria musical, ele entende com mais facilidade
porque utilizo o instrumento para exemplificar um determinado assunto. Porém, sempre fui obrigado a sair em busca de vários e diferentes livros para reunir o material que necessito: de teoria e de exercícios técnicos.

O livro Harmonia e Baixo que Sergio Pereira acaba de reeditar reúne teoria e prática em um só volume. O que torna esta obra ainda mais valiosa é que todo o seu conteúdo é direcionado ao contrabaixo. Quando explica uma questão teórica, o autor logo em seguida aplica um exercício para auxiliar o estudante a entender o conceito de uma forma prática, e ao mesmo tempo desenvolver a parte técnica no instrumento.

Este é um livro que será de grande ajuda tanto para o professor como também para o aluno, pois fornece informações históricas (mencionando as datas e as fontes de pesquisa), indicações dos mais importantes músicos e notáveis CDs ligados ao contrabaixo, além de dicas para organizar adequadamente o tempo de estudo. Um material que se revela infindável ao abrir um vasto universo para pesquisas.

Parabéns, Sérgio, pelo seu empenho e seriedade na preparação deste livro e obrigado por compartilhar este material conosco.

 

Marinho Andreotti
Contrabaixista, professor e coordenador da área de contrabaixo e guitarra da EMESP (antiga ULM).

 

Prefácio

Sou suspeito para afirmar isso, mas acho fascinante ser baixista. Enquanto instrumentos como o violino e o piano já existem há tempo suficiente para que já se tenha desenvolvido um conjunto de técnicas consagradas e regras claras de estudo, ainda há muito o que fazer em relação ao baixo. Isto significa que nós, as primeiras gerações de baixistas, temos a chance de contribuir para o crescimento do baixo e direcionarmos sua evolução. Na minha opinião, se dermos duro e encontrarmos beleza
verdadeira nele, o baixo poderá vir a ter uma posição de destaque na cultura, assim como ocorre com outros instrumentos.

Pode parecer exagero para alguns que o baixo elétrico possa ser considerado uma força cultural poderosa, mas sua expansão vertiginosa desde a sua invenção, em 1951, parece indicar que ele possui algo importante para oferecer. Há poucos países no mundo que não possuem uma elite de baixistas, e o “Fender Bass” – como o instrumento era originalmente chamado – desempenha papel fundamental em muita música importante (como Jim Roberts apontou, de modo preciso, em seu maravilhoso livro, How the Fender Bass changed the world).

Infelizmente, há uma desvantagem em se estar no estágio inicial de uma nova potência musical. Sem as décadas de tentativa-e-erro, cujo processo beneficiou outros instrumentos já estabelecidos, pode
ser difícil encontrar informações e instruções confiáveis para o baixo elétrico. Muitas vezes lembro que, quando comecei, não havia quase nenhum manual disponível para o instrumento. Fizemos o possível para recolher informações de outras fontes, adaptando métodos para o contrabaixo, por exemplo, usando livros escritos para o trombone para praticar leitura à primeira vista, mas horas e horas foram gastas em táticas falhas, antes que percebêssemos que não davam certo.

É por isso que este livro é uma dádiva divina. Nele, de modo informativo e organizado, Sérgio Pereira reuniu uma grande quantidade de informações sobre técnica, harmonia, história e perspectivas sobre o baixo elétrico. Não só encontramos exercícios de que todo baixista precisa, mas sua aplicação prática também. Nestas páginas, você vai encontrar ideias sobre a compreensão da conexão crítica entre o mecanismo de tocar baixo e os mecanismos da música. Eu, particularmente, agradeço a seção sobre alongamento e aquecimento – um assunto que é quase uma obsessão para mim. Dada a verdadeira epidemia de lesões causadas por movimento repetitivo e pela postura dos baixistas, creio que prestar atenção a essas questões é tão importante quanto saber escalas e arpejos.

Este volume único é suficiente não só para você começar como um instrumentista informado, mas também para encaminhá-lo no que se refere ao domínio do instrumento. Você está prestes a embarcar em uma viagem bonita nas próximas páginas. Espero que vocês a apreciem tanto quanto eu.

Tudo de bom,
Michael Manring
Baixista e compositor


Acordes para Contrabaixo (livro, ed. Irmãos Vitale, 56 p., com CD)

ACORDES

Acordes para contrabaixo com desenhos dos braços (escritos para quatro cordas) e 24 exercícios em todas as tonalidades, gravados em áudio. Indicado por Adriano Giffoni, Jorge Pescara e em revistas especializadas (Cover Baixo, Backstage). Prefácio de Ian Guest.


Organização para Equipes de Música na Igreja: desenvolvendo a prática musical

ORG

Sugestões e comentários para grupos musicais que trabalham em eventos de igrejas locais: mapa de palco, interpretação de letras e escolha de repertório, dicas para liderança, comunicação musical, expressões musicais, delegação de tarefas entre outros tópicos. Prefácio de Nelson Bomilcar.


Harmonia (apostila, 30 p.)

H

Aborda harmonia básica. Escrita na clave de sol e cifras.


Improvisação para Vários Instrumentos e Voz (apostila, 51 p., com CD)

IMPRO

Interpretação, utilização de escalas e técnica são alguns dos assuntos abordados. Inclui 47 exercícios e CD com 25 músicas para o treino prático; escrito na clave de sol.


O Livro do Som do Céu (livro, 155 p.; Carlinhos Veiga e Ricardo Szuecs (Orgs.); et al)

O LIVRO DO SOM DO CEU

O Som do Céu é um evento organizado pela Mocidade Para Cristo que reúne músicos cristãos de todo o Brasil há 30 anos. Tive a honra de escrever um dos textos desse livro que comemorou 25 anos do evento ao lado de Gladir Cabral, Jorge Camargo, Aristeu Pires, Carlinhos Veiga, Romero Fonseca (Expresso Luz e Essência), Jorge Rehder, João Alexandre, Erlon Lemos, Rubão, Wesley e Marlene, Nelson Bomilcar, Denise Bahiense (Quarteto Vida), Marcos André (Sal da Terra – PE), Paulo César (Grupo Logos). O livro ganhou o prêmio Areté 2010 de “inspiração nacional”.

Organização para Equipes de Música na Igreja: desenvolvendo a prática musical (apostila, 58 p.)
Sugestões e comentários para grupos musicais que trabalham em eventos de igrejas locais: mapa de palco, interpretação de letras e escolha de repertório, dicas para liderança, comunicação musical, expressões musicais, delegação de tarefas entre outros tópicos. Prefácio de Nelson Bomilcar.


Técnica Vocal para Iniciantes (apostila, 31p., com CD) – Marivone Lobo

TV

Indicado para quem está iniciando os estudos de canto popular. Dentre alguns tópicos: roteiro de estudo; amplificação da voz e o uso do microfone; ensaios; aquecimento vocal. Inclui 24 exercícios em CD.


Vida e Música (livro, 216 p., Thatiane Pellissier (Org.); et al)

vida e musica

Outro livro que trata sobre vários aspectos da música trabalhada por cristãos. Escrevi um dos textos ao lado de João Alexandre, Luciano Garuti, Thatiane Pellissier, Carlinhos Veiga, André Queiróz, Rodolfo Gois, Kelen Franco, Luciano “Manga”, Stênio Marcius e Selma de Oliveira, Asaph Borba e Rachel Novaes.

Facebook

SoundCloud